quinta-feira, 28 de maio de 2009

Estrela da Vida

Leia direitinho:
"" Estavas bem mudado
Como se tivesses posto aquelas barbas brancas
Para ENTRAR com maior decoro na ETERNIDADADE

Levamos-te CANSADO ao teu último ENDEREÇO
Ví com prazer
QUE UM DIA AFINAL SEREMOS VIZINHOS
CONVERSAREMOS LONGAMENTE
DE SEPULTURA A SEPULTURA
No silêncio das madrugadas""

Poesia de Manuel Bandeira, Estrela da Vida

Figura de Linguagem: Metáfora

Um comentário:

  1. Que blog legal, e muito interessante!
    Gostei muito.

    ResponderExcluir

Deixa seu comentário: sua opinião é muito importante para nós.Com uma condição: seja sincero! Só assim poderemos melhorar ainda mais o blog para que você continue nos visitando e prestigiando cada vez mais!
Obrigado pela atenção.